Início



Seja alegria, seja mágoa, ciúme
Pena de amor, ou grito de revolta
Tudo a palavra humana em si resume
Tudo arrasta suspenso a sua volta!

Palavras
Céu e inferno!
Cinza e lume!
Mistério que a nossa alma tráz envolta!
Umas, consolação!
Outras, queixume...
– Todas correndo como o vento à solta!

Tudo as palavras dizem
A verdade, a mentira, a doçura, a crueldade...
Mas afinal, o que perturba e espanta
É o drama das que nunca foram ditas
Das palavras pequenas e infinitas
Que morrem sufocadas na garganta!

Virgínia Victorino



·        Currículo
·        A revisão de textos
·        Serviços
·        Procedimentos e valores
·        Links recomendados



 
(Marm)anjo caído... ◄Design by Pocket, BlogBulk Blogger Templates ► Distribuído por Templates